Pós-modernidade e sociedade de consumo – Frederic Jameson


Em Pós-Modernidade e Sociedade de Consumo, Frederic Jameson propõe uma reflexão sobre a concepção da arte do ponto de vista “pós-moderno”. Para analisar o que representa esse período, faz-se necessário observar aspectos de dois períodos históricos: o período-moderno que teve início entre os anos 30 e 40, e o pós-moderno que surge nos anos 60.

O autor observa os costumes da sociedade burguesa e o papel da arte naquele momento, que posteriormente foi denominado “período-moderno”. Naquele contexto, as músicas, as pinturas e a literatura surgiam na clandestinidade e seus autores eram tidos como marginais, pois havia em suas idéias uma ruptura com os costumes morais daquele período.

Com a dinâmica do surgimento de um novo conceito de mercado (capitalismo moderno), surge também uma nova sociedade, a sociedade de consumo, que representa uma dinâmica muito mais rápida do que a sociedade anterior. Essa que surge a partir dos anos 60 tende a criar uma nova idéia de arte, entretanto o que é apresentado como “novo” possui resquícios do passado, sempre com uma atmosfera nostálgica em relação aos momentos e às sensações.

Para compreendermos a “pós-modernidade”, Jameson expõe algumas de suas características, tal como o pastiche que parece ser algo fundamental nesse novo conceito de arte. O termo “pastiche” é empregado para diferenciar a idéia de imitação da comédia ou  paródia. O conceito de imitação empregado é algo mais parecido com o conhecido termo “retrô”. Ou seja a reprodução a partir da nostalgia de um passado que visa atender determinados anseios de uma época vazia de novidades. Segundo o autor, a pós-modernidade possui uma “tênue sensação de arcaísmo em relação a tudo”. É como se no período moderno o homem tivesse utilizado todo o seu poder de criação e não houvesse mais possibilidades dentro de uma lógica matemática de novas criações para os pós-modernos.

A partir dessa observação o autor apresenta uma hipótese que pode ser a causa desse fenômeno. A sociedade de consumo possui sintomas patológicos alarmantes em relação a sua concepção de tempo e história. Não consegue se relacionar com o tempo e construir sua história, sempre se apega um passado para construir sua visão de mundo.

Define a esquizofrenia como um traço da pós- modernidade, e salienta que o emprego desse termo se refere unicamente à concepção de esquizofrenia apresentada por Jacques Lacan, e o que extrai dessa teoria é a idéia de que a psicose e a esquizofrenia se “formam a partir da deficiência infantil em aceder plenamente o domínio da fala e da linguagem”.

A idéia de temporalidade humana (passado, presente e memória) e suas sensações são efeitos da linguagem. O esquizofrênico por não ter essa noção de tempo, não consegue encontrar sua identidade pessoal.

Os meios de comunicação, tal como televisão e revistas funcionam como alicerce (através da imagem e da linguagem) para conceituar o “pós-moderno”, e reforçar as sensações, categorizando de arte aquilo que é produzido para atender as demandas de mercado, sempre paralisando o tempo de maneira simbólica. Conceituando o “novo”, reproduzindo criações em séries, limitando a capacidade de invenção, e acima de tudo a capacidade de resistência dos indivíduos em relação aos aspectos sociais atuais.

Deduzido a partir dessa reflexão, observa-se que o que conhecemos como criações pós-modernas englobam fatores da dinâmica comercial que visa atender os anseios sociais indiretamente impostos pela lei da livre mercadoria. Um mundo onde se globaliza produtos globaliza-se também sua influência e sua importância.

Essa globalização através dos seus signos e da utilização da linguagem impacta nos costumes universais do homem para estabelecer e fortalecer idéias e ideais, causando o conformismo em relação a determinado momento histórico.

          

Anúncios

2 pensamentos sobre “Pós-modernidade e sociedade de consumo – Frederic Jameson

  1. Wesley 14 de novembro de 2012 às 9:48 Reply

    cara não tem referência ? de onde voce leu para digitar isso ou sei la , por favor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: