O caso da Vara, Machado de Assis

vara1

O conto O Caso da Vara, publicado no jornal Gazeta de Notícias em 1891, apresenta alguns aspectos do Brasil oitocentista, no período imperial e escravocrata. Damião é o personagem central, que foge do seminário que havia sido levado pelo pai. Recorre a casa da Sinhá Rita,para que através do seu padrinho João Carneiro interceda em seu destino, convencendo seu pai sobre a sua falta de vocação para o clero. Num plano secundário encontra-se Lucrécia, uma negra escrava, franzina de onze anos, que junto a outras escravas tomava aula de costura com a Sinhá, que coordena as escravas com rigidez. Observa-se que esta tarefa constitui a maior parte da renda da Sinhá Rita. Com a presença do jovem Damião, a pequena Lucrécia se atrapalha no trabalho, sendo condenada pela Sinhá à enfrentar à vara como punição.
A aflição do jovem que foge de um futuro indesejado é narrado com minúcias, entretanto, a aflição constante da escrava Lucrécia pode ser percebida desde os traços de maus tratos presentes em seu corpo mirradinho. Lucrécia, diferente das outras escravas, atrasou a entrega do trabalho, e a mesma Sinhá que estava disposta ajudar cordialmente o jovem rapaz, pede que este busque a vara para castigar a pequena escrava. Mesmo o narrador demonstrando que de alguma forma Damião estava escandalizado com o que via, num dilema entre o seu futuro e o da escrava, o jovem pega a vara e entrega a Sinhá Rita,em consideração a sua benevolência para com ele.

Vemos aí três personagens em um cenário de dominação, onde a Sinhá Rita apresenta características contraditórias entre ajudar um pobre rapaz condenado a um futuro indesejado, e por outro lado punindo a pequena escrava por motivos menores. Levando em consideração o momento histórico do conto, creio que este trata-se de mais um conto o qual Machado de Assis trata com ironia os “bons costumes” presentes na sociedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: